Handmade: Conheça Estilo Que Valoriza Detalhes Artesanais!

| | ,

O mundo moderno passa rapidamente diante de nós a partir de pessoas indo e voltando a todo momento, tudo isso em um simples piscar de olhos. Isso também acontece com a moda, que é usualmente chamada de fast fashion. Tamanha agilidade torna itens padronizados para serem vendidos em larga escala.

É por isso que o Handmade – feito à mão – veio para ficar enquanto as pessoas pisam no freio! O conceito torna-se então, uma tendência que pode ser considerada, ao contrário da citada acima, slow fashion.

Logo, a apreciação dos processos que envolvem a moda artesanal se faz presente na vida daqueles que estimam ter um guarda-roupa inteligente. É por isso que existe a afeição pela experiência em vestir peças confeccionadas com extremo cuidado por indivíduos apaixonados pelo universo da moda.

Assim, conhecer um pouco mais sobre o estilo Handmade promove uma ida a memórias antigas em que os vestuários eram feitos artesanalmente, mas também reforça toda a sofisticação utilizada na modernidade.

Quer conhecer todas as características dessa tendência? Então continue a leitura e descubra cada aspecto desse estilo!

O que é Handmade na moda?

Em tradução livre, Handmade significa “feito à mão”. Dessa maneira, podemos dizer que esse estilo, no âmbito fashion, faz referência a inúmeras técnicas utilizadas para fabricar peças artesanalmente.

Tanto as mulheres quanto os homens que procuram adquirir esse tipo de roupa desejam que o vestuário seja repleto de pequenos detalhes que fazem a diferença no decorrer da confecção. É devido a isso que os produtos handmade são, muitas vezes, considerados itens de alta costura.

Contudo, as marcas que usam técnicas tradicionais para venderem em larga escala também podem se configurar como sendo Handmade se a customização for realizada artesanalmente. Logo, podemos notar que no ramo da moda as oportunidades são vastas, e devemos aproveitar uma por uma.

Além disso, as peças feitas à mão são concebidas por meio de muita originalidade, que busca transmitir as personalidades marcantes daqueles que irão utilizar os artigos produzidos. Portanto, se você é uma pessoa que busca exclusividade, devemos afirmar que esse estilo é totalmente a sua cara.

Isso porque um item fabricado artesanalmente nunca será totalmente igual ao outro, concorda? Mesmo que as cores sejam iguais, os recortes parecidos e as modelagens similares, na hora de confeccionar a peça ela não será idêntica a nenhuma outra.

É como se fossem nossas letras. Isto é, nós possuímos um estilo próprio de grafia, porém ao escrever uma palavra no papel e depois repeti-la abaixo vamos notar que os formatos e tamanhos distinguem-se entre si, ainda que de maneira sutil.

É exatamente o que acontece com o Handmade. Cada vestuário é único, portanto, dispõem de valorizações realmente primorosas.

Afinal, nada melhor do que adquirir vestuários que esbanjam personalidade para determinadas ocasiões. Esse é um estilo que está em pleno crescimento e necessita ser apreciado devido à qualidade de seus detalhes.

Quais são as técnicas do Handmade na moda?

Com base nas produções manuais que conhecemos hoje, podemos perceber que várias técnicas são utilizadas no processo Handmade, seja para começar do zero uma peça à mão ou apenas oferecer os acabamentos finais de maneira artesanal.

À vista disso, alguns recursos são utilizados, uns mais antigos e outros modernos. Entretanto, conhecê-los é essencial para que possamos entender a fundo um pouco mais sobre o estilo que estamos tratando.

Então, confira agora 3 métodos usados para conceber o elegante estilo Handmade:

Tie-Dye

Sim, o tie-dye que se tornou febre entre pessoas de todas as idades no ano de 2020 é considerado uma técnica do estilo feito à mão. E não é para menos, visto que as peças que passam pelo procedimento de tingimento natural são únicas, adicionando um mix de estampas ao look.

Esse método foi muito utilizado por surfistas e hippies, mas hoje alcança o coração das mais variadas personalidades. E, ao contrário do que muitos pensam, ao depender da modelagem da roupa, elas podem se tornar peças refinadas e primorosas.

Crochê

O crochê é, sem dúvidas, uma das técnicas mais clássicas que envolvem a moda. Seu processo é tão versátil que também é empregado na execução de acessórios, como brincos, pulseiras, bolsas e tantos outros adornos que realçam a beleza feminina.

Bordado

Sabe aquele detalhe que oferece um toque todo especial às produções? Então, o bordado tem o poder de agregar charme a pequenas nuances feitas à mão. Mas, acima de tudo, eles são exemplos de decorações realizadas por meio de muita delicadeza.

Handmade e Sustentabilidade: a valorização da peça e do meio ambiente

O estilo Handmade está atrelado à sustentabilidade, porque a partir dele existe a valorização das peças confeccionadas, além do cuidado com o meio ambiente. Logo, podemos afirmar que é uma vertente bastante conhecida por trabalhar com a desaceleração de processos.

Ou seja, a necessidade de produzir a toda hora e a todo momento não é uma característica marcante. O enfoque está na qualidade final da roupa, que necessita estar dentro do que foi solicitado pela cliente. E é pela junção dessas particularidades que o Handmade se aproxima do craftcore.

Afinal, o que é craftcore?

Se pensarmos em sustentabilidade e técnicas de confecções artesanais, prontamente iremos relacionar ao craftcore, que defende a utilização de materiais diversificados para a fabricação de roupas e objetos. É uma forma de diminuir o lixo, bem como o consumo de roupas consideradas descartáveis, que podem ser chamadas de upcycle.

E, por incrível que pareça, essa tendência ganhou força durante o isolamento social, em especial por conta da geração Z. Pessoas nascidas entre 1990 e 2010 tiveram que procurar outros hobbys para lidar com a situação enfrentada desde o final do ano de 2019 e, portanto, começaram a reavivar técnicas praticadas há tempos, como o tricô e outros métodos Handmade já citados aqui.

Dessa maneira, marcas renomadas notaram a necessidade de trazer isso para as suas próprias coleções. Foi uma das formas que encontraram para viabilizar o consumo consciente e, ao mesmo tempo, inovar em peças que antes seguiam padrões que já não agradavam a todos.

Um exemplo disso é a moda minimalista, que possui alguns princípios parecidos com o estilo artesanal, como o “menos é mais”. E, se pensarmos direitinho, é possível unir o Handmade a ela por meio de peças básicas que tenham conceitos craftcore.

Gostou de conhecer um pouquinho sobre as características de um estilo tão potente, não só por seus aspectos visuais, mas também sociais? Esse é o Handmade!

E devemos dizer que se você curtiu esse post, vai adorar os que vêm por aí, porque ainda tem muito assunto sobre a moda feita à mão para ser desvendado. Então, continue nos acompanhando para não perder nada!

Por hoje é só, nos vemos no próximo post!

Anterior

Tipos de estilos: conheça 8 opções e como usar!

Roupas Artesanais: 5 Opções Sacada Para Looks Handmade

Próximo

Deixe um comentário