Mais volume, por favor! A volta das mangas bufantes e suas releituras

| |

As tão amadas e tão polêmicas mangas bufantes já dominam as listas de tendências há algum tempo. Desde o ano passado, temos visto modelos cada vez mais ousados e volumosos marcando presença sem timidez alguma, participando de looks nas propostas mais diferentes que se pode imaginar. Por hora, a notícia é que elas vão continuar por aí – dessa vez em algumas releituras divertidas que renovaram a tendência!

Quer conhecer todas as formas que as mangas bufantes podem assumir? Montamos um post completíssimo para te apresentar os novos modelos, com diversas ideias de looks para provocar sua criatividade. Vem ver!

Da era eduardiana ao século XXI: as origens da modelagem

Os primeiros registros de mangas bufantes datam da idade média, e foi a partir dos registros dessa era que a imaginação coletiva construiu aquilo que chamamos de “vestido de princesa”, uma peça idealizada e pouco realista que conta ampla saia, cintura ajustada e mangas arredondadas, super volumosas.

Na renascença, as mangas ganharam configurações novas, e já assumiam configurações mirabolantes que os designers mais renomados colocam nas passarelas da atualidade. Nascia o “power dressing”, fenômeno cultural em que classes mais abastadas usavam moda para mostrar poder político, econômico e social. Opulentas e chamativas, as mangas bufantes eram simplesmente ideais para esse fim, e foram usadas à exaustão por homens e mulheres.    

O grande reinado das mangas bufantes na era moderna ocorreu durante o período eduardiano, em que se tornaram parte essencial da icônica “silhueta cisne”, desenhada com corsets e enchimentos. No tão familiar século XX, por sua vez, apareceram pela primeira vez na década de 40, em versões menores, mais ajustadas e modestas.

Até então, nada poderia nos preparar para o que estava por vir. Foi nos anos 80 que a moda elevou as mangas à enésima potência, levando os volumes e cores ao extremo.

Ombreiras, botões enormes, cores neón e mangas tão amplas que precisavam ser enchidas com espuma dominaram os looks mais diversos, do blazer para o escritório ao vestido de casamento. Essa era da moda realmente se levou a sério e, por sua ousadia, traumatizou muita gente – e talvez seja por isso que o recente resgate da tendência tenha causado tanta polêmica.   

Releituras atualíssimas

Vamos falar das novas formas com que o volume tem sido acrescentado às mangas neste inverno de 2020. Elementos da moda de rua se misturam com modelagens clássicas, e peças importantes do alto inverno ganham modelagens poderosas. Não curte as tradicionais mangas princesa? Calma! Existe uma manga volumosa que vai te fazer se apaixonar.   

  • O tricot statement e as mangas volumosas

As últimas temporadas têm apostado com intensidade pelas peças handmade – em especial nos tricots, tecidos incríveis e versáteis com uma imensa tradição, afinada com o slow fashion. Neste inverno, porém, as peças tricotadas ganham dimensões maiores, mais imponentes e modernas. O volume se concentra nas mangas, que podem ter modelagem mais clássicas (como o balonê ou o “princesa”) ou despojadas e descoladas, com raw ends e caimento solto.    

Mais versáteis, impossíveis. Os maxi tricots são perfeitos para compor looks quentinhos e super confortáveis sem perder nada em estilo. Para fazer a textura da peça brilhar, combine com elementos em couro fake, material que pode aparecer na calça ou saia lápis. Reserve um cuidado especial com as proporções: seu tricot statement já é super volumoso, portanto prefira as combinações sequinhas.   

Ama tricot e quer conferir um post inteiro sobre seu retorno? Há algumas semanas falamos do assunto no post “Tricot tendência: tudo sobre a volta desse tecido que amamos”. Vale conferir as outras sugestões de looks que reunimos por lá!  

  • A manga sino e suas mil versões

blusa azul royal manga sino

Mais despojada e fresquinha que as demais modelagens, a manga sino angaria referências dos anos 60 e 70 e se tornou a versão boho-chic das mangas volumosas. Há modelos mais modernos e cosmopolitas, em que a modelagem é soltinha desde os ombros, enquanto as versões mais românticas são afuniladas na base e se abrem na barra, de maneira a criar movimentos interessantes. 

Já conhece as camisas sociais com punho aumentado, que faz as vezes de uma manga em modelagem sino? As proporções divertidas animam o visual da camisa social, que pode participar de um look work super apropriado e investido nas tendências. Combine-a com uma calça carrot justinha e faça uso estratégico dos acessórios!  

Leia mais e descubra 5 maneiras diferentes de usar camisa social feminina!

  • O balonê e o volume deslocado

blusa transpassada manga bufante

Ama mangas volumosas e imponentes, mas tem receio de concentrar muito volume na parte superior da silhueta? As mangas balonê possuem uma modelagem ideal para deslocar os volumes e equilibrar a composição, em especial se você se preocupa com as proporções entre quadris e ombros. Lembre-se, claro, de que a função dessas peças é te deixar confortável e oferecer oportunidades para a diversão! Jamais deixe que as inseguranças te segurem.

Para compor ao lado delas, sugerimos peças mais silenciosas, que deixem as mangas tomarem os holofotes. O motivo é simples: com o volume colocado na parte inferior dos braços, a informação vai competir de maneira direta com o cós da calça, shorts ou saia.   

Animada pra montar looks com a sua cara e colocar essas peças incríveis na rua? Conte já suas experiências, opiniões e sugestões nos comentários! Suas contribuições são essenciais para que esse espaço continue cheio de novidade e informação. 

Para interagir com nossa equipe e receber todas informações quentes sobre a loja, siga a Sacada no Instagram. Nossa comunidade está crescendo a cada dia – não fique de fora e venha aproveitar o melhor da moda com a gente. 

Até o próximo post! <3

Previous

5 ideias looks com camisa social feminina para se inspirar

Tendência do momento: Descubra como arrasar com os conjuntos!

Next

Deixe um comentário