Sublime: a emoção do vestir

por Milena Fortes em 15 de março de 2017

Doces sutilezas diárias, uma alegria tão intensa que não cabe dentro de si, observações da perfeição que existe nas pequenas coisas da natureza. O que mais seria sublime? Parafraseando Fernando Pessoa, sublime é tudo o aquilo que tem lá uma beleza guardada -  e beleza é o nome que damos ao que nos agrada. A japonesa Sei Shonagon, autora do The Pillow Book, descreve o termo como um adjetivo que caracteriza coisas que se movem, raras, apaixonantes. Escritores e filósofos se debruçaram sobre a palavra e o sublime está justamente no trivial, na arte de encontrar a grandiosidade nos pequenos acontecimentos. É descobrir o encanto no cotidiano.

Se na atualidade a astrologia vem desempenhando forte papel nas decisões da vida e a Era de Aquário já é tema de livros e artigos, na coleção o esoterismo também se faz presente. Astros e constelações são os temas escolhidos para representar o espaço e até fazer alusão à passagem de tempo. As fases da lua são apresentadas em diferentes acessórios da estação, mostrando que o mood esotérico não está apenas nas passarelas internacionais.

Aventure-se nos shapes do inverno da SACADA e experimente o inusitado. O que é sublime para você?

Postagens mais recente