Fashion Revolution

por Milena Fortes em 25 de abril de 2017

Conheça o movimento global que propõe a conscientização da cadeia produtiva da moda.

Em 2013, uma tragédia em Bangladesh deixou 1.133 mortos e 2.500 feridos, alarmando um grande problema na cadeia de abastecimento mundial de roupas. O edifício Rana Plaza, que abrigava quatro fábricas e um centro comercial em seus oito andares, desabou, tornando-se o desastre mais letal da história da indústria da moda. O colapso era iminente – advertências foram informadas no dia anterior – e virou um marco para a conscientização sobre a responsabilidade social no ramo do vestuário.

O incidente encorajou grandes líderes da indústria da moda a se unirem em um conselho global que alerta sobre o impacto do processo de produção e consumo e sobre o verdadeiro custo desta cadeia. Assim nasceu o Fashion Revolution, o movimento global que estimula a criação de um futuro mais sustentável a partir de conexões mais transparentes. Para incentivar o questionamento da origem dos produtos, o grupo criou a ação ‘Quem fez minhas roupas?’, provocando o processo de descoberta do ‘fio condutor’ de tudo o que vestimos.

Neste ano, a Fashion Revolution Week acontece nesta semana, até o dia 30 de abril, em mais de 90 países, promovendo eventos e atividades que estimulam a reflexão do consumo. Clique aqui e acesse o site do movimento para descobrir as ações conscientes que acontecem próximo a você.

Postagens mais recente