Destino: Santiago

por Milena Fortes em 5 de maio de 2017

Em busca de um hotspot próximo, charmoso, com ótima gastronomia e conectado com a natureza? Santiago, capital do Chile, é um dos destinos mais desenvolvidos da América do Sul, que surpreende os visitantes com seus pontos turísticos e estilo de vida. Convidamos Glenda Ritterling, RP, empreendedora e modelo do editorial 'Meu Tempo', para compartilhar fotos e experiências de sua última viagem, em um roteiro super especial.

Ver Produtos

Por Glenda Rotterling – @glendalud

Decidi ir para Santiago em fevereiro e em abril já estava la. Queria um lugar perto, com uma língua fácil de me comunicar (o que não foi bem assim rs), e com beleza natural e cultura.

Então aqui vão as dicas:

→ Embalse El Yeso: é simplesmente um dos lugares mais lindos que já vi! Fica a duas horas e meia de Santiago e o ideal é ir em um tour (apesar de dar para ir de carro normal eu não arriscaria por causa da estrada de terra e muitas pedras!)

O Embalse é um lago represado formado pela água derretida dos Andes. Seja no verão, outono ou primavera (no inverno é impossível chegar lá devido à neve),  para cada lado que você olhe, a paisagem é uma linda mistura de cores e texturas diferentes. Mágico é a palavra que definiria esse lugar.

 

→ Sky Costanera: Turístico, porém ótimo para se localizar e entender a cidade. E com um visual maravilhoso!

Cheguei lá na segunda-feira antes do meio-dia e dei sorte de pegar uma excursão guiada em português. A guia, uma fofa chamada Daiana foi super querida e explicou muito da história de Santiago e do Chile – o que foi ótimo, já que muita coisa eu realmente não conhecia. Além de ótima guia, que deu dicas do que vale ou não a pena comprar por lá, como vinhos, doce de leite e azeite (sim, os azeites chilenos são ótimos também), ela ainda arrasou nas fotos que pedi para tirar, já que eu estava sozinha.

 

→ Viña Santa Rita: Queria muito visitar uma vinícola, mas queria fugir do programa turístico, se fosse possível. A famosa Concha y Toro, que é uma das vinícolas mais premiadas do mundo, é normalmente a mais visitada. Por toda cidade você vê alguém com uma sacola de lá, mas não queria estar em um lugar cheio de gente. Decidi então visitar a vinícola próxima de Santiago que achava a mais bonita. A escolhida foi a  vinícola Santa Rita. Com parreirais que vão até as montanhas, você tem a possibilidade de fazer o passeio de bicicleta ou a pé, e pode ter certeza que cada cantinho por lá é surpreendente. O mais interessante é que, diferente da vizinha famosona, lá você tem a oportunidade de realmente conhecer todo o processo de produção de um vinho (descobri isso porque minha amiga que me acompanhou já tinha ido na Concha y Toro e ficou impressionada com essa visita guiada que fizemos). Minha dica é ir de manhã, almoçar por lá e curtir o lugar sem pressa.

 

→ Escolha um parque e passe uma tarde. Juro, não é desperdício de tempo! É algo tãaao maravilhoso ficar tranquila em um parque, curtindo um livro ou conversando sem se preocupar com segurança, que torna o dolce far niente ainda melhor! O parque que escolhi foi o Bellas Artes, não era o mais bonito mas ficava próximo ao famoso bairro Lastaria, que tem um clima descontraído, vários bares e muita gente estilosa circulando. E foi o bairro que fui curtir depois.

 

→ Restaurante Mestizo: Fui jantar nesse restaurante e curti muito o clima do lugar. Ele fica ao lado do parque Bicentenário. Escurinho, com clima acolhedor, escolhi sentar do lado de fora. Ah! Vale já avisar: não estranhe se algum cachorro de rua ficar próximo ou pedir comida. Por toda Santiago, os caninos são super bem tratados, estão sempre gordinhos e no inverno recebem até roupinha para aguentar o frio. Voltando ao menu, uma recomendação é provar o famoso pisco sauer, que de lá, é simplesmente delicioso.

 

→ Tiramissu: O famoso restaurante no bairro de Las Condes foi crescendo, crescendo e crescendo e, olhando de fora, você não imagina que é tão grande! Lá é super democrático: acolhe desde famílias com crianças, até jovens bebendo com amigos no bar ou casais num date. Quanto a comida, é melhor você dividir com alguém. Os pratos são gigantes! rs E sim, super deliciosos!

Postagens mais recente